sábado ,18 novembro 2017
Home / Noticias / Detento é flagrado com nove microbaterias nas partes íntimas em penitenciária de Itapetininga

Detento é flagrado com nove microbaterias nas partes íntimas em penitenciária de Itapetininga

Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária, microbaterias são usadas em drones e deixam celular carregado por 9 horas. Preso confessou que ia entregar equipamentos na unidade ao voltar de ‘saidinha’.

microbaterias

m detento de 30 anos foi flagrado com nove microbaterias escondidas nas partes íntimas após retornar da “saidinha” temporária do Dia das Crianças na penitenciária “Jairo de Almeida Bueno”, em Itapetininga (SP).

Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) informou nesta sexta-feira (20), o homem também chegou a engolir um chip para entregar a outro sentenciado. Ele confessou que foi pago para levar os equipamentos.

De acordo com o órgão, o caso aconteceu na terça-feira (17). Ao passar pelo detector de metais durante o procedimento de segurança, o aparelho acionou que havia eletrônico com o preso e os agentes pediram para repetir o procedimento. Porém, na segunda vez nada foi encontrado.

Com isso, o preso foi isolado em uma cela. Em seguida, ele assumiu que havia escondido nas partes íntimas nove invólucros contendo microbaterias e que já havia tirado e escondido na pia da cela onde ele estava isolado.

Preso confessou que foi pago para levar eletrônicos em penitenciária (Foto: Divulgação/SAP)Preso confessou que foi pago para levar eletrônicos em penitenciária (Foto: Divulgação/SAP)

Preso confessou que foi pago para levar eletrônicos em penitenciária (Foto: Divulgação/SAP)

Ainda segundo a SAP, o detento revelou ainda que havia recebido R$ 1 mil para entregar os objetos na ala de progressão da unidade, onde fica o regime fechado e que o objetivo era usá-las como fonte de energia para aparelhos celulares. Além de esconder os eletrônicos, o preso engoliu um chip celular para entregar a outro sentenciado.

O chip foi entregue aos dirigentes do estabelecimento prisional nesta quinta-feira (19) por volta das 11h. Os agentes constataram que as microbaterias são usadas em drones e possuem capacidade de manter um celular carregado por até nove horas.

A SAP ainda informou que o preso foi isolado para procedimento disciplinar nesta sexta-feira. Uma vistoria foi feita na cela, mas nada foi encontrado. Tanto o sentenciado flagrado e os demais presos, que podem envolvidos na ação, serão transferidos para outra unidade prisional ainda não revelada.

Veja mais notícias do G1 Itapetininga e Região

Você pode Gostar de:

Corte

Agentes de penitenciária feminina são agredidas por detenta com objeto semelhante a um estilete

Cinco funcionárias da unidade de Tupi Paulista precisaram receber atendimento médico. Polícia Civil e sindicato …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *