Home / Artigos / Guardiões

Guardiões

Sou o guardião da porta do inferno

a sentinela que impede a fuga do mal

vigio e convivo com monstros

monstros que a sociedade criou

monstros que a sociedade recusou

monstros que a sociedade defende

sou amigo da solidão

companheiro da dor e do ódio

ando lado a lado com a ingratidão

observo de cima e de baixo me olham

vejo o medo do inocente, vejo lagrimas

vejo abominações sorridentes

vejo em seus olhos maldades e desejos

ensejam a fuga, a minha morte

querem me causar medo, mas eu não cedo

sol escaldante, chuva gelada e frio cortante

meu corpo padece, minha espirito enobrece

intacto meu coração permanece

e aos meus amigos e minha família, uma prece

as vezes anjo, as vezes demônio, sempre humano

durma tranquilo, estarei de prontidão

mesmo que cesse minha vida

minha vigília nunca acabara

mesmo que não saibas de minha existência

seja dia ou noite estarei lá

subirei ao  céu ao lado de anjos

descerei ao  inferno lutarei com o demônio

mas sempre  por ti estarei vigiando

 

Fonte: contospoliciasqap.blogspot.com.br

 

Você pode Gostar de:

Asp

Melhor lugar para cometer um crime

O BRASIL É O QUARTO PAÍS DO MUNDO EM NÚMERO DE PRESOS. Somente no Estado …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *