terça-feira ,17 julho 2018
Home / Colunistas / “O grito de silêncio dos pelegos”

“O grito de silêncio dos pelegos”

No Brasil existem mais de 15 mil sindicatos, com o fim do imposto sindical estima-se que 4 mil deles deixem de existir, com esse exército de instituições comprometidas com a defesa dos direitos dos trabalhadores  quaisquer medidas para prejudica-lo nem ousaria sair da gaveta.
     Mas não é ! Então contam com ajudinha dos pelegos. O termo “PELEGO” surgiu na época do governo Vargas e é tão contemporâneo, significa:  sindicalista que é amigo do patrão, em conluio com ele, diz representar os trabalhadores e em troca da inércia é favorecido. Com o tempo, as coisas tencionaram a piorar com o crescimento e envolvimento no cenário político brasileiro dos sindicatos. Defensor do trabalhador virou patrão, eu vou cobrar eu, conta outra!
     Mais isso é utopia, não é  ? Silêncio por um minuto, escute o “grito do silêncio dos pelegos”. Não ouviu nada ? Então são eles, o algoz, diz em plena campanha salarial enquanto na verdade compõe um plano sórdido de massacrar os trabalhadores ano a ano a troco de benefícios concedidos pela inércia sindical, inventando desculpas que mais parecem o patrão dando explicações.
     O trabalhador é mais poderoso quando unido, quantos mais desunidos e controlados os mantiveram, mais sentido a palavra pelego tem em suas medíocres vidas. Nem todo sono é eterno, quando os trabalhadores despertarem suas vidas terão mais sentido para lutar e conquistar condições dignas, pelegos serão rechaçados e expurgados deixando o caminho livre para as conquistas.
Marcelo Augusto
http://blogdosagentes.blogspot.com.br

Você pode Gostar de:

images

É proibido pedir Reajuste ?

Era uma vez, em tempos remotos, se reuniam patrão e instituições representativas de trabalhadores, tratavam de assuntos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *