Home / Noticias / Presos tentam impedir revista na Penitenciária de Pracinha e acabam transferidos para Presidente Venceslau

Presos tentam impedir revista na Penitenciária de Pracinha e acabam transferidos para Presidente Venceslau

Durante a averiguação, que contou com o apoio do Grupo de Intervenção Rápida (GIR), foi localizado um aparelho celular na unidade.

Penitenciária de Pracinha (Foto: Reprodução/TV Fronteira)Penitenciária de Pracinha (Foto: Reprodução/TV Fronteira)

Penitenciária de Pracinha (Foto: Reprodução/TV Fronteira)

A Secretaria da Administração Penitenciária do Estado de São Paulo (SAP) transferiu nesta sexta-feira (23), após uma revista na unidade, presos da Penitenciária de Pracinha para a Penitenciária “Zwinglio Ferreira”, a P1, em Presidente Venceslau. Não foi informada a quantidade de sentenciados levados de um lugar para o outro.

De acordo com as informações divulgadas pela SAP ao G1, a revista realizada na unidade de Pracinha, com o apoio do Grupo de Intervenção Rápida (GIR), localizou um aparelho celular.

Ainda segundo a pasta estadual, um grupo de presos que se indispôs com os agentes na tentativa de impedir que a averiguação fosse realizada foi isolado e transferido para Presidente Venceslau.

Em nota oficial divulgada neste sábado (24), a SAP informou ao G1 que “a Penitenciária de Pracinha opera normalmente, dentro dos padrões de segurança e disciplina da pasta”.

Inaugurada em janeiro de 2002, a Penitenciária de Pracinha funciona no regime fechado e conta atualmente com uma população de 1.720 presos, enquanto a capacidade é para abrigar 844.

Fonte: G1/Tv Fronteira

Você pode Gostar de:

smt40

PM de São Paulo informa defeito em 6 mil metralhadoras SMT-40

Informação está no documento oficial da corporação divulgado no site da Assembleia Legislativa. PM pagou …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *